Chaves, o cão que escapou da morte!!

Conheçam Chaves, o pet da cantora gospel Marcela Taís que escapou da boca de um Rotweiller!

1) Olá, Chaves! Como foi seu encontro com a cantora gospel Marcela Taís?

Fui a rapa do tacho da minha mãe Nina, que já morava aqui. Apesar de que, para nascer mesmo, tive que ir para o veterinário para ele me ajudar a sair da barriga da minha mamãe que não conseguiu fazer o parto sozinha. A bolsa estourou e eu não saí, minha vó e minha futura mamãe Marcela Taís (que ainda não sabia disso) correram desesperadas pra lá. Como fiquei alguns minutos sem ar, nasci fraquinho e, por esta razão, o médico disse que talvez eu não sobrevivesse e, caso isso acontecesse, provavelmente teria sequelas, ou seja, seria “especial” como, por exemplo, cego. Acho que foi aí que minha mãe começou a me amar, afinal, ela também nasceu “especial” e o médico um dia disse a mesma coisa para minha vó Sidnéia, mesmo assim ela não desistiu da minha mãe Marcela, então acho que ela sentiu o mesmo por mim, este tipo de amor especial... Minha mamãe disse para Deus que, independente de como eu ficasse, ela só queria que eu vivesse e se isso acontecesse eu não seria colocado para adoção porque minha gravidez não foi planejada e na minha casa havia uma regra de não se ter mais de dois cachorros (tenho uma tia labrador chamada Flora que já morava aqui também) Bom, foi assim, acabou que a Marcela pediu tanto para Deus que no fim nem aconteceu nada, estou fortão, saudável e bagunceiro.

2) Fale-me da sua raça.

Sou um vira-lata purinho.


Foto: esta é minha mãe canina, NINA!

3) Por que ela te deu esse nome? Por causa do seriado?

Minha família nunca havia criado um macho antes, eles acreditavam que machos faziam xixi em tudo, então, meu vovô colocou uma regra que só haveria meninas aqui. Está aí: cheguei quebrando todas as regras! Por isso meu tio Max, irmão da mamãe Marcela que ficou feliz com a notícia, deu a ideia de me chamar de Chaves, o mesmo do seriado sim, que é o predileto deles desde a infância.

4) Qual é a sua dieta? Rola petisco?

Eu como ração, mas, como um bom vira-lata, gosto quando vem um pouquinho de algo suculento misturado, não gosto de ração seca. Petiscos rolam direto, afinal, sou o mimado de casa.

5) Conte-nos que história foi essa de ser atacado por outro cão? Como foi isso?

Eu dei uma escapadinha quando foram colocar o lixo para fora e ninguém viu. Fecharam o portão e eu fiquei para fora e de repente o rottweiler do vizinho, que também escapou, me atacou por trás. Gritei muito, meus pais saíram desesperados, mas foram questão de segundos até conseguir me tirar da boca dele e aí eu já estava muito ferido, parte da minha barriga rasgou e minhas costas ficaram muito perfuradas, perdi muito sangue. Meus pais me levaram desesperados para o veterinário, tomei pontos e voltei para casa, mas, infelizmente, havia uma bactéria muito forte na boca do cão e mesmo com todo o tratamento e assepsias, em apenas dois dias gangrenou minha barriga e parte das costas e tive que passar por duas cirurgias para ir tirando esta carne, pois a bactéria se espalhou muito rápido. Eu fiquei com muito mal, não tinha quase nenhuma chance de sobreviver, foi bem dolorido, sofri muito, mas ainda assim dizem que fui muito valente, pois eu deixava fazerem todos os curativos e até abria minha perninha para ajudar.

Foto: eu e mamãe

6) E o que foi fundamental para sua total recuperação?

O amor insistente e as orações da minha família. Certo dia, logo após a última cirurgia, eu estava muito debilitado e parei de comer totalmente e para piorar comecei a vomitar todos os medicamentos, estava morrendo. Então, minha mãezinha foi para o quarto dela, colocou o rosto no chão e disse para Deus que ela ainda não era casada nem tinha filhos e que estava em um momento muito difícil (ela estava terminando a produção do novo CD) e que não poderia me perder naquele momento, pois eu era o grande amigo dela (Poxa, sou quem durmo ao lado da cama dela) e que se possível Deus pudesse me deixar viver. Até hoje a mamãe brinca comigo dizendo que sou presente lá do Papai do céu e que fui dado a ela duas vezes.

7) O que você mais gosta na Marcela?

Ela conversa comigo toda hora e canta altas musiquinhas para mim, ela coloca meu nome nas letras das músicas e eu adoro. Ela tem um jeito só dela de coçar minha costas, de tão bom, me dá uma “frescurite”, eu me rebolo todo. Não tem um dia que ela não me beija e me cheira, até quando estou sujo. Eu tenho um cantinho no colo dela que é só meu onde eu sempre corro quando me assusto... Bom, ela é maluca por mim.

Foto: tirando uma soneca acompanhado

8) Você já fez uma traquinagem, quebrou ou comeu algo que ela gostava? Rolou bronca?

Minha maior bronca foi quando ela estava na sala e eu fui mostrar meu primeiro xixi com a perna levantada, o problema foi que escolhi o sofá branco... Ela até foi boazinha, nunca levei nenhuma chinelada.

9) Quando a Marcela chega em casa o que você faz pra recebê-la?

Eu choro de alegria e pulo muito, principalmente quando ela chega de viagem. EU me aproximo e coloco minha cabeça no meio das pernas dela pedindo pra ela me dar uns “amassos” nas costas. Eu até tento falar pra ela que sinto saudade, mas sai tudo embolado, daí ela pega no meu queixo, me olha e diz: “Tudo bem, eu também estava”... Bom, ela deve entender.

Foto: pequenininho

10) Já teve algum romance ou nem pensa nisso?
Já tive, mas foi passageiro. Fui castrado para não ficar pensando muito nisso rs.

 Deixe uma mensagem aos nossos leitores!

Um cão é uma das formas de Deus nos ensinar o amor, não este amor como o dos humanos que precisarão de muito tempo na vida para aprendê-lo. Nossa vida é curta, por isso a gente não fala nada, apenas ama desde a primeira oportunidade que nos dão. Quer experimentar um pouco do amor de Deus através da natureza? Tenha um cão. 

Sobre a mamãe:

Marcela Taís: cantora gospel

https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcela_Ta%C3%ADs

Última modificação emQuinta, 28 Janeiro 2016 14:24
(37 votos)
Ler 3259 vezes

16 comentários

  • Malluh Yara
    Malluh Yara Quinta, 03 Dezembro 2015 13:43 Link do comentário

    Super amei... que linda história de vida

  • Vitória Maciel
    Vitória Maciel Quarta, 02 Dezembro 2015 11:33 Link do comentário

    Agora Descobri Qual O Nome Desse Lindo hahaha, Só o Conhecia Como "MeuChaveco"
    Estou Muito Feliz Que Ele Tenha Se Recuperado. Já Tinha Ficado Sabendo Sobre o acidente Pelas Redes Sociais, mas Foi a um congresso que eu fui que a Marcela Tais estava e ela disse que nesse mesmo dia ele estava passando por uma cirurgia e ela nao pode está com ele, fiquei mas triste e passei a orar por ele . Deus Sabe Os Faz Mesmo !! Graças A Deus Tudo Terminou Bem ❤

  • Lucielle Noronha
    Lucielle Noronha Quarta, 02 Dezembro 2015 11:30 Link do comentário

    Ahhhh Chaves, eu lembro disso e tirei um momento qdo sua mamãe Marcela pediu pra pedir pro papai do céu cuidar de vc....
    Vc eh mto amado por todos nós!
    Chaves s2,
    Love, Lu!

  • Maiara Taufenbach
    Maiara Taufenbach Terça, 01 Dezembro 2015 23:48 Link do comentário

    Linda história!! Realmente podemos sentir o amor de Deus através da natureza, especialmente os cães!!!

  • Meire Geowanna
    Meire Geowanna Terça, 01 Dezembro 2015 21:10 Link do comentário

    Chorando aqui!!
    Que lindo!!

  • Maristela
    Maristela Terça, 01 Dezembro 2015 21:02 Link do comentário

    Amei sua história chaves... e o mais lindo é o gesto da Marcela quanto amor pela cadelinha e ainda adotou um companheiro para ela.. Obrigada Marcela por amparar mais uma cadelinha e um companheiro para ela só o amor de Deus em sua vida para para ter esse gesto e atitude de amor.

  • DANIEL
    DANIEL Terça, 01 Dezembro 2015 15:12 Link do comentário

    ownn que fofo :3

  • Aline Espíndola
    Aline Espíndola Terça, 01 Dezembro 2015 13:46 Link do comentário

    Muito lindaa essa história do Chaveco! Amo esses dois de graça! Beijo grande Chaves, Marcela! ❤

  • Ana
    Ana Terça, 01 Dezembro 2015 13:17 Link do comentário

    Linda história! Realmente Deus se importa. :')

  • Diana
    Diana Terça, 01 Dezembro 2015 13:03 Link do comentário

    Amei *-* em cada palavra senti o amor que o Chaves tem pela Mah!(Provérbios 12:10)Desdo do inicio Chaves já era um Vencedor *-* a melhor entrevista Deus abençoe!!Me segurei para não chorar (estou no Trabalho srsr). Lindoss, um amor verdadeiro

Deixe um comentário

Log in

fb iconLog in with Facebook
create an account