Marijô, a musa de Claudio Botelho

 Conversamos hoje com uma charmosa e legítima Buldogue francês, a Maria José que tem um pai musical!

1) Maria José, qual sua idade? Como foi seu encontro com o Claudio Botelho?
Eu faço um ano dia 29 de março. Meu pai, esse tal de Claudio Botelho, é na verdade meu avô, pois ele é pai da Laura, minha mãe. A Laura namorou o Tico, que mora com o meu tio Charles, e eu nasci. Só que minha vinda ao mundo não foi legal não. Só tinha eu na barriga da mamãe, e no outro ovário (disseram que o nome é esse, mas como eu não entrei no colégio ainda, não sei direito) havia uma infecção grande. Tiveram de tirar duto de dentro da minha mãe (além de mim, claro). Ela foi, como é que é o nome mesmo? Agh, foi castrada... Daí eu vim pra casa e aqui eles entenderam que a Laura não tinha uma gota de leite. Eu vieram enfiando um conta gotas na minha boca com um leite vagabundo, ah eu não tomei mesmo... Pensei: se a gente nasce pra tomar esse troço que parece um xarope de bronquite, melhor ter ficado lá no céu dos cachorros. Pois então: eu tava quase morrendo, quase indo pro Dog Paradise (eu fui alfabetizada em inglês, sorry), o doutor Augusto (apelido dele é Sansão), meu médico conseguiu que uma buldogona cheia de leite me adotasse; ela tinha muitos bebês e eu mamei nela durante 50 dias, lá em Barra Mansa. Então eu tive uma segunda mãe, estão entendendo que vida maluca a minha? Daí com 50 dias eu vim pra cá, conheci esse palerma do meu pai que não tem a menor moral comigo pois eu faço o que eu quero e ele só fica gritando, como se eu fosse surda... Mas eu gosto dele.
Ah, esqueci de dizer que quem me salvou mesmo, além do doutor Sansão (esse eu respeito) foi minha tia Luciana e a minha prima Teresa, pois como meu pai é um inútil, elas é que me levaram pra minha mãe de leite, no meio da madrugada, e em Vargem Grande (minha primeira parada). Vocês têm ideia do que é alguém, ir pra Vargem Grande procurar um canil às 2 da manhã? Só mesmo a Luciana e a Teresa, elas sim são mulheres de fibra e me salvaram!

2) Maria José é o nome da mãe do seu humano, né? Tem apelido?
Meu nome é lindo, eu acho. É em homenagem à mãe do meu pai. Eu e ela temos o mesmo apelido: Marijô. Sendo que o apelido dela é MARIJÔ BOMBINHA, mas isso é palhaçada do meu pai que não respeita nem própria mãe e fica inventando coisa. O pior é que ela acha graça, acho que ela é meio doida.

3) Como é seu ritual de beleza? Quantas vezes vai ao Pet Shop, tomar banho, tosar? Usa perfume?
Eu tomo banho toda semana junto com a família inteira. Nós somos 7, 3 aqui em casa e 4 na casa do Tio Charles, incluindo meu pai Tico. Eu não tenho vergonha de ficar pelada perto do meu pai, já acostumei... Aliás, todo mundo fica pelado no banho, é um troço meio promíscuo, e o Tião, que é um cachorro velhinho do Tio Charles, um dia dei um beliscão no meu peitinho, dizem que ele é tarado. Como eu não sei o que é “tarado”, eu não achei ruim não, senti uma cosquinha gostosa.
O João Alt é quem dá banho na gente, aliás ele acompanha a família há uns 15 anos. Toda semana o banho é no quintal do Tio Charles. O João ensaboa a gente, os 7, deixa a gente “quarando” que nem roupa, e depois sai enxaguando.
Perfume nem pensar, eu não sou cachorra de madame. Meu pai tem umas esquisitices, mas cachorro não usa perfume, eu tenho cheiro de cachorro e eu adoro meu cheiro (e meu pai também, aliás até de mais pois ele me beija sem parar, é um saco!)

4) E a dieta? É balanceada ou come o que te dão?
É normal. Royal Canin sempre. Mas meu pai me dá biscoito globo toda noite que ele come e eu exijo comer uns pedaços também. A cama fica toda suja, mas meu pai é porquinho, todo mundo sabe.

5) Você tem mais companheiros aí com você, não? Quem são?
Minha mãe Laura e minha avó, Nina. Só a gente mesmo.

6) Você se dá bem com os "filhos" do Charles Möeller? Tem parentescos entre vocês?
Lá no Tio Charles mora meu pai, o Tico Taz, e também o ex marido da minha mãe, o Joaquim, meu meio irmão Rocco, e o mais velhinho de todos que é o Tião. O Tião é um perigo pois ele é velho mas adora dar umas beliscadas na gente, ele é meio pedófilo.

7) O que você já fez de arte que o Claudio ralhou com você? Ou você é comportada?
Eu sou muito, muito, mas muito arteira. E eu não aceito a palavra NÃO. Meu pai não tem moral nenhuma pra se meter comigo porque ele apronta também. Ele já gritou comigo, eu finjo que tô bem humilde e triste, mas é só pra enganar, pois não tô nem aí. Eu adoro roubar as camisas no closet dele e comer os botões, é minha brincadeira favorita. Peguei logo uma camisa novinha que o Tio Edgar Duvivier deu pro meu pai de presente, e comi 4 botões. hahaha

8) Qual o petisco que o Claudio te dá que você ama?
Eu adoro yogurte grego e biscoito. Todos os biscoitos do mundo.

9) Já namorou? Tem filhos?
Não. Eu ainda nem virei mocinha, sou menina mesmo e não tô ligada nisso. Mas sei que meu pai quer mais netos, mas isso é pro futuro.

10) Quando o Claudio chega o que você faz pra recebê-lo?
Quando ele chega de noite, a gente pula bastante. Na verdade acho que a gente ama ele, porque nos três ficamos loucas quando ele chega. E mais loucas ainda quando ele vai pra cama e a gente dorme todo mundo junto, isso é minha maior felicidade e um dia ele disse que ele só é feliz mesmo quando estamos todos juntos vendo série e dormindo juntinhos.

Deixe uma mensagem para os nossos leitores e obrigada pela honra!
Pessoal, eu sou uma pequena buldogue francesa, acho que sou uma das menores que tem aqui pelo Rio. Eu só faço que eu quero, não aceito ordem de ninguém e façam como eu: não sejam bonzinhos só por serem. Cachorro muito bonzinho é cachorro bobo. Eu sou ardida como pimenta e meu ídolo é a Doris Day, tá? Beijos

Sobre o papai:

Claudio Botelho: ator,cantor,escritor,diretor,tradutor e produtor teatral

Última modificação emSegunda, 09 Fevereiro 2015 21:13
(0 votos)
Ler 2093 vezes

1 Comentário

Deixe um comentário

Log in

fb iconLog in with Facebook
create an account