Preta, a maltês que põe Marcelo Medici em alto astral

Conheça a cachorrinha que pensa que não é cachorro!

1) Olá Preta!! Seu nome é uma "provocação", né? Você é branca!

O Marcelo não sabia que nome colocar em mim... resolveu  cantarolando "Preta, Preta, Pretinha, assim vou lhe chamar..."Acho que acima de tudo é uma forma carinhosa de chamar alguém que queremos bem. Da mesma forma que sei que não sou preta, sei que também não sou uma cachorra… na verdade o Marcelo adora cachorro, então eu finjo ser uma. Sabe aquele filme A Orfã? Mais ou menos isso.

2) Como você chegou até o Marcelo tempo faz?
Faz exatamente 12 anos! Eu vim de Londrina, presente da Mari, amiga do Marcelo. Me mandaram de avião, numa caixinha... o piloto me achou linda (óbvio!) e me trouxe na cabine com ele. Mesmo assim, jurei que nunca mais entraria numa caixa daquelas. E cumpri minha promessa, rs...

Foto: A dona do pedaço

3)Você é um maltês, é daquelas protetora ou é mansa?
Sou menina, sou ariana, sou um pouco de tudo... sei fazer charme, mas sei me impor. Confesso que não gosto muito quando estou andando com o Marcelo na rua e as pessoas começam conversar com ele... acho tão chato isso! Fale com ele, mas me dê atenção, senão eu começo a ficar agitada e faço com que que ele pare de falar com a pessoa em dois minutos. Eu mando nele. As vezes, gosto de provocar ciúmes… paro na frente de qualquer pessoa e obrigo a quem quer que seja fazer carinho em mim, como se fosse o bicho mais carente do mundo. Se ele me leva no shopping, entra numa loja e começa a experimentar roupa… fico bem irritada! Começo a engasgar como se ele tivesse me enforcando no provador. Sei que ele fica com vergonha e sai mais rápido, rs…

4) Soube que tem mais cachorros na casa, me fale deles e do seu relacionamento com eles!
Tem o Juca, que veio para ser meu irmãozinho, mas nos apaixonamos, sabe? Nem nos importamos com a diferença de idade. Acabei engravidando, e chegaram as pequenas, Nina e Ulla. A Nina é ótima, linda de morrer, uma princesa. Ela morde pessoas, mas me respeita. Já a Ulla... tenta de toda forma se posicionar com fêmea dominante. Nos desentendemos bastante, mas perto do Marcelo, quem dorme sou eu. Afinal de contas, os outros três são cachorros, eu não.

5) Vocês vivem no Rio ou em SP? Casa ou apartamento?
Toda vez que o Marcelo ia fazer uma novela, ou peça no Rio, vamos junto. Nessa última novela, acabamos ficando em SP. Em SP moramos numa casa, no Rio e em apartamento. Pra mim tanto faz... detesto terra, grama, quintal. Quero é ficar perto dele!

6) O Marcelo viaja muito e vocês ficam sozinhos? Ou mesmo sendo cuidados aprontam na ausência dele?
Nunca fiquei sozinha na minha vida... Ficaria louca! Pra que ter um cachorrinho se vai ficar o dia todo fora e deixar o pobrezinho sozinho? Cachorro gosta de gente, observo muitos os três cachorros da casa. Quando ele viaja, quem fica conosco é a Cida, que nos adora. Também adoramos a Cida, mas claro, assim que o Marcelo chega corremos pra ele.

Foto: Nós e o papai

7) Você já tem uma "certa" idade, né Preta? Tá com algum problema de saúde ou tá tudo em cima?
Eu tenho 12 anos... tenho um probleminha no coração. Normal, né? Eu amo demais.

8) O que você mais gosta no Marcelo? E ele em você?
O Marcelo me ama, isso é fato. Acha que sou a a cachorrinha mais inteligente do mundo, tadinho, rs… Uma vez cortaram um pedaço do meu rabo quando fui tomar banho num Petshop... nossa! Achei que ele fosse matar todos os funcionários e a dona. Fizeram um curativo que não deu certo, e eu tive que passar por uma cirurgia. Tudo acabou bem. Ele ficou muito preocupado quando fiquei grávida, e gritava com a veterinária para que fizessem uma cesariana! A veterinária queria que esperasse, mas eu comecei a uivar e ele obrigou que fizessem a cirurgia. Foi a sorte... a Nina estava presa e teve que ser reanimada. Ele não me coloca laços, não deixa meu pêlo ficar muito grande para eu não sofrer com o calor, não me coloca roupa (fico p... de usar roupa), sapatinho... eu sou muito feliz! Durmo na cama com ele, ando de carro, passeio, viajo, sempre fui tratada com muito respeito. Quando ele abriu a caixinha que eu cheguei e fui pro colo dele, percebi que estaria tudo bem. Ele me deixa segura.

9) Já fez alguma arte daquelas feias mesmo, que o Marcelo tenha que ter te castigado?
Quando eu era pequena, precisava fingir ser um cachorro filhote, e fingi ficar louca pelo cabo do computador dele. Mastiguei uns três, rs... O cabo era importado, muito caro. Mas ele acreditou piamente que eu eu era um cachorrinho filhote, e nunca, nunca me bateu.


Foto: Xodó do papai
10) E Petisco, rola ou nada de guloseimas?
Comi muito osso nessa vida... Hoje, como o Juca tem a saúde meio complicada por conta de uma doença chamada hiperadreno, todos nós tivemos que entrar numa dieta mais rígida... diminuiu a oferta de guloseimas. Mas lembro com muita saudade do dia que saímos de carro e rachamos uma coxinha no shopping.

Deixe um recado aos nossos leitores e obrigada!
Gostaria que as pessoas entendessem que cachorro não é filho! Filho fala, cachorro não. A responsabilidade de ter um cachorro, em determinados aspectos, é até mais complicado do que ter uma criança. Sentem fome, medo, dor, saudade. A decisão de ter um cachorro, deve ser muito pensada. Não compre, adote! E se você tiver um cachorro e chegar um bebê, saiba que o cachorro não precisa ir embora. Cachorro não é um brinquedo que fica obsoleto e todo cachorro que é abandonado ou doado depois de adulto, sofre! É uma traição sem tamanho. Nunca abandone quem nunca te abandonaria, nem que você estivesse morando na rua. Ter cachorro é ter a chance de conhecer o amor incondicional!

Sobre o papai:

Marcelo Médici: ator e amante de cachorros                                                                                         

Crédito foto da capa: (Michel Filho, Ag. O Globo)

Última modificação emDomingo, 26 Abril 2015 22:14
(13 votos)
Ler 6292 vezes

10 comentários

  • Narjara Turetta
    Narjara Turetta Domingo, 14 Junho 2015 14:51 Link do comentário

    Vou tentar entrar em contato com a Katiucia, mas parece que ela se mudou para Florianópolis! E com a Isabela vou entrar em contato também! Obrigada pela dica Allan! Beijos!

  • Georgia
    Georgia Quinta, 11 Junho 2015 12:55 Link do comentário

    Adorei!!! Entrevista excelente. Parabéns pela iniciativa Narjara

  • Elaine Castro
    Elaine Castro Quarta, 10 Junho 2015 18:37 Link do comentário

    Que delícia de blog!! E de entrevista. Também tenho um cachorr, Ops, pessoa aqui em casa que amo demais.

  • Allan Gomes
    Allan Gomes Terça, 05 Maio 2015 09:13 Link do comentário

    Narjara, entrevista o cachorro da Isabela Garcia?

    Amo cães e artistas!

  • Elenice
    Elenice Quarta, 29 Abril 2015 15:19 Link do comentário

    Oi Marcelo eu tenho um maltes de 7messes e estou proucurando uma namorada pra ele gostaria muito de uma ajuda pra isso acontecer

  • Elenice
    Elenice Quarta, 29 Abril 2015 15:19 Link do comentário

    Oi Marcelo eu tenho um maltes de 7messes e estou proucurando uma namorada pra ele gostaria muito de uma ajuda pra isso acontecer

  • SUELI
    SUELI Terça, 28 Abril 2015 20:04 Link do comentário

    Tenho cinco cachorro meus amores

  • luiz carlos lourenco
    luiz carlos lourenco Terça, 28 Abril 2015 17:52 Link do comentário

    Narjara

    Sugiro você entrevistar a atriz e comediante Katiuscia Kanoro(é assim), que adotou uma linda cachorra de rua. Quando ela morava no prédio aqui ao lado, em Ipanema, na rua Nascimento Silva, via ela quase todos os dias lanchando de manhã na padaria da esquina.

    Um abração para a amiga e a querida Dona Antonia

    Luiz Carlos Lourenço

  • Renata lima dos santos
    Renata lima dos santos Domingo, 26 Abril 2015 20:35 Link do comentário

    Adorei

  • gisleine araki
    gisleine araki Sábado, 25 Abril 2015 21:29 Link do comentário

    Amei a reportagem e amo esse cara! Marcelo Medici

Deixe um comentário

Log in

fb iconLog in with Facebook
create an account